Consultoria e Treinamento Empresarial

  • Home
  • MQS
  • Equipe
  • Eventos e Cursos
  • Produtos
  • Artigos
  • Imprensa
  • Galeria de fotos
  • Contato
  • Imprensa

    Acomodação ao uso da internet pode causar distúrbios na comunicação corporativa

    Questionado certa vez sobre como controlava o andamento dos contratos, o gestor responsável por este procedimento em uma empresa respondeu: "Envio todas as comunicações que tenho com os fornecedores por e-mail e com cópia para o meu chefe".  Em seguida, indagado de que forma isso poderia oferecer um respaldo no momento de cobrar algo e garantir o bom andamento dos trabalhos afirmou: "Assim o meu chefe fica sabendo de tudo o que acontece". O autor das perguntas neste diálogo é o especialista em Gestão Empresarial, Paulo Queija, que usa o fato para exemplificar um caso de distúrbio de comunicação comum no mundo corporativo. 

    Quem garante que o chefe leia todos os e-mails no qual é copiado? Qual a importância que ele dá as mensagens deste colaborador, já que recebe diversas e inúmeras ao longo do dia? Qual a confiança que tem no trabalho deste funcionário? Estes são alguns dos pontos levantados por Queija, que é diretor da MQS Consultoria e Treinamento Empresarial, para ressaltar que os avanços da tecnologia e o uso dos recursos digitais proporcionados pela internet não devem excluir as formas tradicionais de relacionamento e a capacitação dos colaboradores em se comunicar no ambiente de trabalho.

    “A comunicação dentro de uma empresa engloba desde o contato direto entre as pessoas, por meio de conversas e reuniões presenciais e virtuais, bem como o uso de e-mails, comunicados, MSN, redes sociais e demais ferramentas de interação, passando, ainda, pelos treinamentos e capacitações individuais e coletivas. Portanto, a comunicação é a base de tudo o que acontece numa organização e pode ser um dificultador ou facilitador dos acontecimentos. Por conta disso deve ser bem cuidada e disseminada de forma a diminuir o máximo os ruídos de entendimento e interpretação”, explica.

    Visão Sistêmica – Paulo Queija defende que investir em uma visão sistêmica do processo é fundamental para diminuir as distorções na comunicação corporativa e impedir que os funcionários fiquem acomodados ao uso da mobilidade digital. “É a maneira do colaborador conhecer o trabalho ou a área que atua e quais os impactos que tem sobre as demais áreas e vice-versa. Ter a visão do todo oferece a condição do profissional ser mais proativo, antecipar problemas, enxergar soluções mais duradouras, enfim, fazer a diferença e desta forma se tornar mais valioso e ser requisitado dentro da empresa e do mercado do trabalho”, destaca.

    O especialista chama a atenção para o fato de que a concentração dos processos empresariais nos meios digitais pode levar as pessoas a negligenciarem a importância de se expressarem bem e de forma inteligível em todas as atividades do ambiente corporativo. “Uma das formas é aprender a escutar e se expressar. Diferente de somente ouvir, a arte da escuta envolve a busca do entendimento do que é falado, mostrado e percebido no momento da comunicação. A maneira utilizada para alinhar este processo é quando falamos com as nossas palavras o que entendemos para que o outro lado verifique se a mensagem chegou corretamente. Da mesma forma, no momento de transmitir algo, fazer o caminho inverso e pedir que o outro retorne com o que realmente entendeu para que as dúvidas sejam sanadas e a comunicação fique mais limpa”, sugere.

    Segundo Queija, o outro passo, que já inicia com o anterior, é aprender a se expressar melhor. “Como fazer isso? Buscando utilizar melhor a linguagem ao falar, escrever e construir frases, pois com o ´vocabulário pobre` é muito mais difícil desenvolver raciocínios.  A melhor forma de desenvolver isso é a leitura de jornais, livros e revistas. Outro ponto é desenvolver o uso da expressão corporal, da entonação de voz caso o contato seja pessoal, pois temos diversos recursos disponíveis que, se bem utilizados, facilitam bastante o nosso dia-a-dia. No caso do envio de mensagens por e-mail, MSN e outros formas similares vale a pena ler o que foi escrito antes de enviar e se colocar no lugar da pessoa que vai receber a mensagem, para saber se a ideia está clara e colocada de forma educada”, conclui. 

    Sobre a MQS
    A MQS Consultoria e Treinamento Empresarial é uma empresa focada na gestão de negócios e no desenvolvimento de talentos, tornando pessoas e empresas mais competitivas, com mais de 15 anos de atuação em todo o País. Conta com uma equipe especializada de consultores, com vasta experiência em treinamento e consultoria empresarial, sempre com a missão de identificar oportunidades de melhoria e oferecer ferramentas que proporcionem crescimento pessoal, profissional e organizacional a clientes e parceiros. Acesse: www.mqs.com.br

    football scores

    INFORMAÇÕES À IMPRENSA:
     
    Alessandro Padin - alessandro@conteudonaweb.com.br
    Assessor de Imprensa – MQS Consultoria e Treinamento Empresarial
    13- 9111.0663 / 78218519 - ID - 84*250128
    MSN: alessandro_padin@hotmail.com
    SKYPE: alessandro_padin


    Jornalista Responsável:
    Érica Amores - erica@conteudonaweb.com.br
    Assessora de Imprensa – MQS Consultoria e Treinamento Empresarial
    13 – 3304.7437  / 3304.7438 / 7803.4654 -  ID 84*53938
    MSN: erica_amores@hotmail.com
    SKYPE: erica.amores


    CONTEÚDO EMPRESARIAL

    Comunicação integrada e comprometida com o resultado!
    www.conteudonaweb.com.br


    « Voltar